Quem diria?

Numa tarde de domingo num banco de praça.

Tonho: – Bão dia moço.

Jeremy: -Bom dia.

Tonho: – Cê sempi vem pra cidade nesse horário né?

Jeremy: – Sim, (sorriso amarelo) mas se não se importa, eu estou lendo.

Tonho: – Ahn tá, eu sempi se dei mal cos istudos, mas o senhor devi de te istudado muito, e agora tem um bão trabaio né?

Jeremy: – Sim, sim… já não disse que estou lendo?

Tonho: – Sei. Mas eu também sou muito bom em otras coisas, exempro, onti eu tarra no boteco e o Zé, tirou uma com a minha cara, eu que não sou bobo nem nada, passei a pexera na barriga dele.

Jeremy: (parou de ler e começou a ficar nervoso)

Tonho: – Só purque ele disse que eu era burro dimais, dá pra intendê? Num fiz nada prele, e me chama di burro?

Jeremy: – Pois é né… que coisa. Onde já se viu? Mas creio que ele não estivesse errado, o senhor me aparenta ser extramamente burro, pois não notou que eu estava lendo quieto na minha e continua a me incomodando mesmo depois de eu deixar bem claro que estava lendo e não gostaria de ser interrompido.

Tonho: – Intendo, mas dexando de conversa fiada, me passa a cartera, celular, relojo e emepetreis, sei ondi cê mora e trabaia, fica quietin hein?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s