Política da boa vizinhança

– Oi!

– Oi!

– Como vai?

– Bem e você?

O silêncio predomina, o pequeno espaço claustrofóbico de um elevador não é o mais propício para um diálogo decente, muito olho no olho, muito íntimo, muito revelador, se não constrangedor.

– Está calor hoje não?

– Pois é…

– Queria te perguntar uma coisa…

– Diga.

– Você não é o vizinho que tem três cachorros, não?

– Sim.

– Aqueles que latem quando qualquer um passa, ou pensam em passar em frente a sua porta?

– Acho que sim…

– Aqueles que emporcalham o corredor todo de xixi e merda?

– Não sei… quem sabe… – Claramente envergonhado…

– Ah tá… sinto muito pelo seus cães.

– O Quê?

– Seus cães, sinto muito…

– Sente pelo quê?

– Eu os matei! Confesso! Não os aguentava mais!

– O quê?

Os dois se engalfinharam como dois animais disputando território, numa sangrenta batalha de mordidas e arranhões, quando o elevador chega no térreo, se deparam com o síndico.

– Mas o quê diabos vocês estão a fazer? – Pergunta o síndico

– Este maníaco matou os meus cachorros!

– Claro! Eles viviam a emporcalhar o vigésimo andar!

– Mas peraí! Eu moro no décimo terceiro!

Anúncios

Um comentário sobre “Política da boa vizinhança

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s